Estamos vivendo um momento no qual se proliferam inúmeras plataformas marketplaces. A concorrência é grande e, cada uma delas tem as suas particularidades.

A razão para estarmos vendo tantas plataformas se deve ao fato de que o comércio online tem crescido de forma acentuada nos últimos tempos, ainda mais depois da pandemia.

Pensando nisso, a RCKY decidiu falar um pouco sobre as 10 principais plataformas marketplace para começar a vender online independente do segmento. Vamos lá?

1. Americanas

Uma das mais antigas e mais conhecidas lojas de varejo do país, tendo sido fundada no ano de 1929 no Rio de Janeiro por iniciativa do austríaco Max Landesmann e uns americanos.

Atualmente a companhia trabalha com seus quase 4 mil pontos físicos espalhados por todo o país, e também com e-commerce, controlando 6 plataformas marketplaces. São elas:

  • com;
  • Submarino;
  • Shoptime;
  • Soub;
  • Supermercado Now;
  • Americanas empresas.

Vale ressaltar que a companhia possui uma série de vários outros empreendimentos e iniciativas, sendo uma das maiores empresas do país.

De acordo com as últimas estimativas, a rede comercializa por volta de 80 mil itens diferentes de mais de 4 mil marcas.

2. Magazine Luiza

Uma das principais plataformas marketplaces do Brasil, a Magazine Luiza foi fundada pela empresária Luiza Trajano, que hoje serve como presidente do conselho de administração.

Funcionando desde 1957, hoje a companhia conta com algo em torno de 1500 lojas em 21 estados brasileiros. No entanto, o seu foco é o comércio eletrônico de produtos.

Atualmente a companhia emprega mais de 40 mil pessoas, tendo crescido muito nos últimos anos. O ano de 2017, por exemplo, foi o seu melhor resultado financeiro.

Em relação às vendas online, a empresa vem experimentando com essa área desde o ano de 1992, quando a internet mal chegava às pessoas. Nessa época ela introduziu o conceito de loja virtual.

3. Mercado Livre

Fundado no ano de 1999 no Uruguai, o Mercado Livre é uma das maiores plataformas marketplaces da América Latina, estando presente em mais de 23 países, incluindo o Brasil.

Para se ter uma ideia do seu tamanho, até o ano de 2016 a empresa contava com mais de 174 milhões de usuários em todo o continente. Número que já cresceu muito de lá para cá.

Funcionando exclusivamente como um e-commerce, a empresa não possui pontos físicos, mas tem um sistema próprio de entregas expresso que atende em quase todos os lugares.

Vale destacar que a empresa também oferece outros tipos de serviço, como o Mercado Pago, que pode ser utilizado como um gateway de pagamento.

4. Amazon

Sem sombra de dúvidas, a Amazon é uma das maiores empresas do mundo e uma das mais abrangentes plataformas marketplaces, com milhões de itens à disposição.

Fundada nos Estados Unidos pelo empresário Jeff Bezos no ano de 1994, a companhia começou como um serviço de entrega de livros que logo incorporou outros produtos.

Atualmente ela é considerada uma das 5 grandes empresas de tecnologia, e uma das poucas que possui um valor de mercado maior do que 1 trilhão de dólares.

5. Shopee

Uma das mais recentes desta lista, a Shopee é uma das plataformas marketplaces que mais cresce, em especial no Brasil, graças a uma forte campanha de marketing.

Fundada em 2015 pelo empresário Forrest Li, em Singapura, esse e-commerce primeiro expandiu para a Ásia, para depois começar a entrar no mercado internacional.

No total a plataforma se encontra presente em 13 países diferentes, tendo mais de 20 mil funcionários, sendo considerada a maior plataforma de vendas online do sudeste asiático.

Dentro da plataforma é possível vender produtos diretamente como um vendedor pessoa física ou usando o perfil de uma empresa.

6. Submarino

Uma empresa brasileira de comércio eletrônico, uma das mais conhecidas plataformas marketplaces do país, criada no ano de 1999 e adquirida pela Americanas em 2006.

Na realidade, a aquisição da Submarino pela Americanas fez com que fosse criada a B2W, que eventualmente iria adquirir muitas outras empresas e soluções de comércio.

Vale destacar que a empresa cresceu bem rápido após o seu surgimento, e já em 2003 disponibilizando mais de 700 mil produtos diferentes em 17 categorias.

7. Shoptime

A Shoptime nasceu como o primeiro canal de home shopping da América Latina no ano de 1995, sendo que o seu foco era vender produtos para casa.

No entanto, não seria até o ano de 1997 que a empresa daria início a um comércio eletrônico, tornando-se uma das grandes plataformas marketplaces do Brasil.

Eventualmente, no ano de 2005 a empresa foi adquirida pela B2W, passando a fazer parte do portfólio desta empresa, sob e o guarda-chuva e comando da Americanas.

8. Casas Bahia

Fundada no ano de 1952 pelo empresário e vendedor Samuel Klein, no começo não havia ponto físico e o empreendimento dependia das vendas de porta em porta de Samuel.

A primeira loja, no entanto, foi aberta no ano de 1957. Como a maioria dos clientes de Samuel eram até então retirantes nordestinos, ele batizou a loja de Casas Bahia.

Já como um e-commerce, a loja aceita um pouco menos de opções que a maioria das outras aqui listadas. Por outro lado, existem a vantagem dos produtos serem expostos no Ponto Frio e Extra

9. Ponto frio

Entre as plataformas marketplaces, a Ponto Frio é uma das poucas especializadas na venda de eletrodomésticos e móveis, tendo por volta de 12 milhões de acessos mensais.

Fundada no ano de 1946, atualmente, a empresa de varejo é conhecida apenas como Ponto. Com pouco mais de 200 lojas, em 2010 a empresa se fundiu com a Casas Bahia.

10. Estante Virtual

Por fim, uma das poucas plataformas marketplace do país que possui um segmento específico, que no caso, é o de comercialização exclusiva de livros.

A Estante Virtual possui um acervo de quase 20 milhões de livros novos, seminovos e usados, além de reunir o maior acervo de sebos e livreiros do Brasil e de Portugal.

Em 2019 a empresa afirmava já ter vendido mais de 23 milhões de livros desde o início das suas operações, lá em 2005. Seu fundador é o administrador André Garcia.

Gostou desse conteúdo? Então aproveite para colocar o blog da RCKY nos seus favoritos e acompanhar todos os nossos novos conteúdos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.