Anywhere Office, você já ouviu falar nessa tendência que vem ganhando cada vez mais força para o pós-pandemia?

Recentemente grandes empresas, sobretudo aquelas ligadas ao ramo da tecnologia como o Google, Twitter e Facebook anunciaram que pretendem prolongar o regime de home office mesmo após o fim da pandemia.

A ideia das gigantes da tecnologia é colocar nas mãos dos seus funcionários o poder de escolha sobre o trabalho remoto ou presencial no escritório das companhias.

Aqui no Brasil, o movimento Anywhere Office, que ao ser traduzido representa “Escritório em qualquer lugar” chamou atenção de muitas empresas e também vem ganhando força.

Ainda sobre o assunto, a FGV – Fundação Getúlio Vargas e o Institute for Technology, Enterpreneurship and Culture – TEC  realizaram uma pesquisa e apresentaram um relatório apontando que cerca de 30% das empresas devem manter o trabalho remoto mesmo após a quarentena, nem que seja pelo menos uma vez por semana.

Principais motivos levantados pelas empresas para adoção do Anywhere Office

Os motivos apontados pelas empresas para adoção do Anywhere Office são muitos, dentre eles:

Aumento da produtividade: Curiosamente, e até mesmo ao contrário do que era esperado, as empresas registraram aumento na produtividade dos seus funcionários durante o home office.

Ainda não se sabe exatamente, o que motivou esse fato positivo, mas acredita-se que exista algo relacionado com a maior sensação de conforto, comodidade e também pelo menor nível de stress, proporcionados pelo trabalho em casa.

Outra possibilidade, para justificar o crescimento da produtividade, pode estar na preocupação dos funcionários em mostrar que mesmo sem a presença física de um superior imediato, eles podem entregar as suas tarefas dentro dos prazos.

Redução de deslocamentos: As empresas que estão aderindo ao Anywhere Office também justificam sua decisão com base na redução dos deslocamentos de sua força de trabalho nos trajetos casa x empresa e empresa x casa.

Ainda segundo as empresas, a redução deste tipo de deslocamento colabora para a redução de custos e também com a diminuição do stress devido a trânsito caótico, principalmente nas grandes cidades.

Preocupação com a saúde e a qualidade de vida dos colaboradores: O Anywhere Office também surge como uma demonstração de preocupação das empresas com a saúde dos seus colaboradores e com o cumprimento das medidas e exigências sanitárias, dentre elas, a redução do número de pessoas em um mesmo ambiente.

Redução de custos: Por fim, as empresas visualizam o Anywhere Office como uma excelente possibilidade para redução de custos com estrutura, estações de trabalho e aquisição ou locação de espaços físicos para acomodar sua força de trabalho.

Com a adoção do Anywhere Office as empresas também esperam reduzir os custos com vale-transporte, energia elétrica, água e até mesmo com materiais de limpeza.

A opinião das grandes empresas a respeito do Anywhere Office

Veja o que dizem as grandes empresas que pretendem adotar o Anywhere Office:

Facebook

“O primeiro ponto é garantir mais segurança e conforto para os colaboradores, priorizando a saúde. O segundo, até por ser uma empresa digital e mais nova, é que a vasta maioria das funções continua sendo desempenhada de forma eficiente remotamente, então não há a necessidade de voltar rapidamente ao ambiente de escritório”, explicou Conrado Leister, Diretor Geral do Facebook e Instagram, no Brasil.

“Todos têm computador, celular e acesso remoto à empresa mesmo antes da pandemia. Também já usávamos muitas ferramentas de conexão porque somos uma empresa global. Desenvolvemos a nossa própria plataforma, o Workplace, para fazer reuniões, lives e uma série de facilidades”, destacou ainda.

Twitter

Recentemente o Twitter também anunciou que todos aqueles que ocupem uma função que permita o trabalho remoto também poderão optar por ele.

“Se nossos empregados estiverem em uma função e situação que possibilitem o trabalho em casa e eles queiram fazê-lo para sempre, permitiremos que isso aconteça”, disse o Twitter em seu comunicado.

No comunicado, a empresa ainda reforçou a opção pelo Anywhere Office, “A abertura dos escritórios será uma decisão nossa. Quando e se nossos funcionários voltarão a trabalhar de lá, será uma decisão deles.”

XP Investimentos

Como falamos no início deste artigo, algumas empresas brasileiras também já começaram suas apostas no Anywhere Office, sendo uma delas, a XP Investimentos, veja:

“A decisão foi pensada no nosso principal ativo, as pessoas, e pautada pelo resultado das pesquisas internas e da melhoria nos índices de satisfação tanto de colaboradores quanto de clientes. No mês passado, fizemos uma pesquisa que perguntava com qual frequência os colaboradores gostariam de ir ao escritório. Só 5% responderam todos os dias”, disse o sócio e responsável pela área de Gente & Gestão da XP Inc, Guilherme Sant’Anna.

“A pandemia acelerou o processo com a implantação do trabalho remoto para os aproximadamente 2.700 colaboradores. Nossa cultura permitiu fazer uma adaptação muito rápida e a experiência está nos trazendo uma série de aprendizados que podem se transformar, de fato, em uma nova maneira de encarar a vida corporativa”, concluiu.

Anywhere Office a luz da legislação brasileira e o que os funcionários pensam da nova possibilidade

Uma dúvida comum entre muitos empregadores, diz respeito a permissão da legislação brasileira para que o Anywhere Office, seja colocado em prática.

No entanto, a boa notícia é que a legislação brasileira permite o regime de teletrabalho, para isso é necessário apenas que as empresas registrem esta alteração no contrato de trabalho dos seus funcionários.

Se em relação a legislação brasileira não existem empecilhos para as empresas, o que os funcionários pensam a respeito dessa possibilidade?

Recentemente, em um estudo realizado pela Husky, uma fintech focada no trabalho remoto, concluiu que 76,8% dos seus funcionários consideram a mudança para o home office positiva.

Já uma pesquisa realizada pela Fundação Dom Cabral e a Grant Thornton, empresa global de auditoria, mostrou que dentre um grupo de 669 entrevistados 54% têm interesse em continuar trabalhando remotamente e 13,9% talvez tenham.

Estamos chegando ao final deste artigo, mas gostaríamos de conhecer a sua opinião sobre o Anywhere Office.

Você acredita que esse novo formato é possível de ser implementado na sua empresa? Você gostaria de continuar atuando no Home Office, mesmo após a pandemia? Nos envie a sua resposta!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.