Procurando dicas sobre como montar um cardápio de sucesso para o seu restaurante? Nós, podemos ajudar!

Neste artigo, separamos 7 dicas que fazem toda a diferença na montagem de um bom cardápio, vale a pena conferir! São pequenos detalhes que muitas vezes passam desapercebidos, mas que inegavelmente contribuem de forma significativa para lucros e faturamentos maiores.

1.Crie pratos que permitam o máximo aproveitamento dos ingredientes

Não podemos negar, um dos maiores problemas enfrentados pelos restaurantes diz respeito ao correto aproveitamento dos alimentos e o controle do desperdício. Portanto, não há como montar um cardápio de sucesso sem levar em consideração o melhor aproveitamento dos ingredientes.

Além de não ser uma prática socialmente responsável, o desperdício de alimentos reduz significativamente os lucros de qualquer restaurante.

Sendo assim, na elaboração do cardápio do seu restaurante pense em pratos que podem ajudar você a utilizar o máximo de cada alimento, evitando desperdícios.

Outra dica importante em relação ao aproveitamento de alimentos, diz respeito ao estoque. Evite ter que montar um estoque com muitos produtos diferentes. Quanto maior a diversidade de itens em estoque, mais difícil o controle sobre todos os produtos e maiores as chances de ter perdas por vencimento da validade.

Logo, recomendamos que na elaboração do cardápio, você pense em pratos distintos, mas que possuam ingredientes em comum entre si.

2.Aposte em alimentos de rápido preparo

Outra dica importante para um cardápio de sucesso, diz respeito ao tempo de preparo dos alimentos. Em um restaurante de sucesso o número de pedidos recebidos costuma ser elevado, o que não permite o preparo de pratos que demandam muito tempo.

Além disso, precisamos considerar, que os clientes não desejam esperar demasiadamente para serem servidos. Na verdade, o que todos esperam encontrar em um restaurante, é um atendimento rápido, de qualidade e com pratos realmente saborosos.

Sendo assim, ao montar o cardápio do seu restaurante, procure também considerar o tempo de preparo de cada prato, apostando sempre em opções de preparo rápido. Mas, certamente, sem deixar de lado, a variedade de pratos e a qualidade.

3.Atualize periodicamente o cardápio do seu restaurante

Você quer mesmo saber como montar um cardápio de sucesso? Então, não deixe de apostar em atualizações periódicas.

Muitos restaurantes criam um determinado cardápio, mantendo as mesmas opções por anos e anos. Não recomendamos essa prática, considere atualizar o seu cardápio anualmente ou se possível semestralmente.

Você não precisa e não deve substituir todos os itens do cardápio do seu restaurante, mas sim modificar algumas opções ou acrescentar alguns pratos.

As pessoas estão sempre em busca de novidades, logo um cardápio atualizado inegavelmente contribuirá para aumentar o faturamento e os lucros do seu restaurante.

Já aqueles que insistem em manter um cardápio engessado e sem atualizações, podem ver o número de clientes e pedidos cair, sem entender o real motivo para isso.

4.Saiba  precificar corretamente os pratos presentes no cardápio

Para montar um cardápio que contribua para o sucesso do seu restaurante, é preciso levar em consideração todos os custos envolvidos no negócio e não apenas o custo dos ingredientes.

A receita dos restaurantes tem origem única e exclusivamente na venda dos itens presentes no cardápio. Sendo assim, é imprescindível considerar todos os custos do negócio na formação de preços para que se evite prejuízos. No entanto, ao mesmo tempo não deve-se exagerar na margem de lucro e cobrar preços exorbitantes que afastem os clientes.

Veja como precificar corretamente os pratos do seu cardápio e o que considerar na formação de preços:

  • Custo dos ingredientes utilizados no preparo do prato
  • Despesas operacionais
  • Margem de lucro

Os 3 itens acima, são a base para a formação de preços do seu restaurante. No entanto, muitos estabelecimentos acabam levando em consideração apenas a primeira e a última opção, o que é um erro grave.

É preciso considerar as despesas e custos operacionais na formação de preços e não apenas, a margem de lucro e o custo dos ingredientes.

Em despesas operacionais, considere itens como:

  • Aluguel
  • Energia elétrica
  • Água
  • Telefone / Internet
  • Material de escritório
  • Material de limpeza
  • Salário e comissões
  • Pró-labore
  • Impostos

Portanto, saiba com precisão quais são as despesas operacionais do seu restaurante e procure rateá-las no preço dos pratos e demais itens no cardápio.

5.Utilize fotos de boa qualidade no cardápio

Como montar um cardápio que realmente conquiste seus clientes sem fotos de boa qualidade? Na hora de selecionar as fotos que irão compor o seu cardápio, aposte sempre em fotos de excelente qualidade.

Outra dica super importante, é considerar fotos reais dos pratos na montagem do cardápio.

Portanto, caso você não possua boas fotos disponíveis, considere a possibilidade de contratar um fotógrafo especializado no assunto e faça algumas fotos profissionais dos pratos do seu restaurante.

Vale destacar, que essas fotos não serão úteis apenas para a montagem dos cardápios, mas para muitos outros fins, como campanhas de marketing e divulgações nas redes sociais.

6.Preocupe-se em elaborar um cardápio com design harmonioso

Se você já tem boas fotos, já definiu os itens que irão compor o seu cardápio e também os seus preços, chegou a hora de pensarmos na elaboração do design, ou seja a parte gráfica do cardápio em si.

Um cardápio de sucesso precisa ser atrativo, de fácil leitura, bonito e bem organizado! Por isso, recomendamos que você contrate serviços especializados de um bom design gráfico, de preferência, alguém que tenha boas referências no assunto.

Não tenha dúvidas, um cardápio agradável aos olhos e bem organizado, certamente ajudará a aumentar o faturamento e os lucros do seu restaurante.

7.Não utilize o símbolo de cifrão nos preços

Por fim, chegamos a nossa sétima dica! Uma verdadeira curiosidade!

Você já reparou que alguns restaurantes não utilizam o símbolo de cifrão nos seus preços? Você sabia que essa prática possui um motivo e na verdade não é um erro?

Pesquisadores da Escola de Administração Hoteleira da Universidade de Cornell realizaram um pesquisa e descobriram que clientes de restaurantes com cardápios sem símbolos de cifrão gastavam e consumiam mais do que aqueles que frequentam restaurantes que tinham símbolos de cifrão no cardápio.

Curioso não é mesmo? Mas, há uma explicação!

A pesquisa atrelou essa descoberta, a negatividade do símbolo de cifrão, que mesmo que de forma inconsciente leva o nosso cérebro a considerar mais veemente o custo dos pratos.

Portanto, não utilizar cifrões no cardápio pode ser uma boa técnica para montar um cardápio de sucesso!

Gostou das nossas dicas para montagem do cardápio do seu restaurante? Então, continue acompanhando o blog da RCKY para ter acesso a outros assuntos de grande relevância para o seu restaurante!

Procurando um sistema completo para gestão dos seus negócios? Conheça os sistemas da RCKY, entre em contato conosco por  WhatsApp, ou pelo telefone: (11) 3195-3640.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.