O comércio eletrônico no Brasil se intensificou, sobretudo após a chegada do Coronavírus no país. O consumidor também mudou seus hábitos de consumo na internet, provocando alterações no mercado de venda online.

Há um tempo atrás, fazer uma transação via internet era considerado por muitos como algo inseguro. No entanto, hoje essa é uma das melhores formas de manter a segurança, saúde  e integridade do cliente, principalmente em tempos de pandemia.

Como consequência, esses novos movimentos impactaram nas estratégias de venda de empresas de todos os tamanhos. Elas tiveram que adaptar os seus produtos do ambiente físico para o digital, de forma quase brusca.

Mas você pode estar se perguntando sobre os benefícios de estar na internet. Muito simples: esse é o local onde o seu cliente está. Hoje cada vez mais pessoas utilizam a internet para buscar informações sobre marcas, solucionar seus problemas, realizar compras, entre outras ações.

Por isso, ter um perfil nas redes sociais, ou um site, passou a ser quase obrigatório para quem deseja entrar no ramo do comércio eletrônico. Podemos dizer até que quem não é visto na internet, não será lembrado pelo cliente.

Além disso, existem muitas outras ferramentas que têm ajudado muitas empresas nesse momento. Uma delas é o Whatsapp web, que permite solucionar os problemas dos clientes num curto espaço de tempo e de forma simplificada.

Caso seu estabelecimento esteja passando por esse processo de migração do físico para digital, é importante que você confira as dicas que daremos aqui. Certamente elas serão úteis para você entender como funciona o comércio eletrônico.

Quais os benefícios do comércio eletrônico?

O comércio eletrônico ajuda a aumentar as vendas e reduz as barreiras geográficas. Aliás, a empresa que possui técnicas de venda online é claramente vista como atualizada com as tendências. Mas se você ainda tem dúvida se deve investir nisso, separamos algumas vantagens:

Mais visibilidade

A internet é uma vitrine para estabelecimentos físicos. Por esse motivo, é importante que você cuide da aparência dos seus produtos, por mais baratos que eles sejam.

Isso porque, geralmente antes de se decidir por alguma marca, o consumidor costuma pesquisar bastante sobre ela. Por isso capriche nos elementos visuais para que ele se sinta atraído pelo seu produto.

Invista em imagens bonitas e textos chamativos. Além disso, escolha também uma plataforma para visualização, como Instagram ou Marketplace. Centralize os seus esforços num só local.

Dados sobre o consumidor

A internet possibilita também que você tenha acesso aos dados dos seus consumidores. Mas como? Uma das ferramentas disponíveis para te ajudar neste quesito é o Analytics, com ela você saberá quem é o seu público, onde ele está localizado e outras informações pessoais sobre ele.

Você saberá também quanto tempo ele permaneceu no seu site ou página, além dos seus gostos e preferências. Isso te permitirá criar campanhas mais eficientes e focadas diretamente no seu público-alvo.

Além disso, é possível ter em mãos seus dados pessoais, como e-mail e telefone de contato. Através deles, você poderá criar estratégias de marketing digital para atrair esse consumidor e fidelizá-lo. Poderá também oferecer promoções, dar cupons de descontos e outras técnicas infalíveis. 

Monitoramento das ações

Outra importante vantagem do comércio eletrônico é poder monitorar as suas estratégias nas plataformas que utilizar. Você poderá acompanhar o desempenho das suas ações, saber o que vem dando certo e o que merece modificação.

Isso ajuda a saber o que o cliente quer e entender o que o faz abandonar um carrinho de compras, por exemplo. Por isso, monitorar ajuda a aumentar a conversão e melhorar o faturamento da empresa.

Agora que você já sabe os principais benefícios do comércio eletrônico, entenda os passos que deve seguir.

Etapas importantes para migrar do físico para o digital

A migração para o comércio eletrônico é fundamental para se manter perto dos clientes. No entanto, existe uma série de regras que você deve conhecer antes de colocar sua estratégia em prática. Para te ajudar, listamos algumas etapas importantes. 

1.Crie um modelo de negócios

Inicialmente, é importante saber quais produtos você quer vender na internet. Você terá de colocar no seu plano de negócios a sua estratégia de vendas, os produtos que irá vender e os seus valores.

É importante também que você se preocupe não só com o sistema da empresa, como também com a plataforma virtual que irá utilizar.

2.Entenda o mercado 

Antes de tudo, é muito importante que você mapeie no Google outros sites e veja os posicionamentos. Então entre nos sites, analise os conteúdos e a forma de trabalho.

Faça uma análise sobre como anda o seu mercado e veja as oportunidades. 

3.Conheça a concorrência

Estude os seus concorrentes, saiba o que eles estão fazendo e crie mecanismos para oferecer um serviço mais completo do que o deles.

Em seguida, faça pesquisas com o consumidor e observe quais estratégias de marketing você pode utilizar com ele. Ter todas essas informações em mente será crucial para ter sucesso com o comércio eletrônico.

4.Descubra o perfil do seu cliente

Você precisa conhecer quem são os seus consumidores para criar estratégias de venda mais direcionadas. Por isso, foque nas suas características, no seu comportamento e entenda as suas dores.

Saiba porque eles compram com você. Isso te ajudará a traçar um perfil das pessoas que já te acompanham. Além disso, a partir daí você poderá criar ações mais assertivas.

5.Tenha um planejamento de marketing digital

Esse cuidado fará toda a diferença nas suas vendas. Sem um planejamento para e-commerce, é quase impossível alcançar a sua audiência e criar ações eficazes.

Por isso, invista em estratégias de e-mail marketing, marketing de conteúdo e inbound. Faça anúncios patrocinados, cuide das suas redes sociais e invista também em SEO.

6.Acompanhe os seus resultados

Como já mencionamos no início desse artigo, é fundamental acompanhar as ações e saber o que vem dando certo. Tudo isso te ajudará a melhorar a experiência do usuário e oferecer mais vantagens para ele.

Sem dúvida, todas essas dicas serão de grande valia para quem está iniciando no comércio eletrônico. Se esse for o seu caso, coloque todas em prática agora mesmo.

Para acompanhar os resultados dos seus negócios, controlar as movimentações de estoque e faturar as notas fiscais, conte com um software completo de automação comercial, conte com a RCKY!

Entre em contato conosco e conheça a nossa solução para automação do seu e-commerce.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.