Mesmo com inúmeros testes, avaliações de currículos e indicações, as empresas sempre enfrentam dificuldades em razão dos diferentes tipos de personalidades dos colaboradores. Um dos problemas comuns no varejo é o furto de mercadorias seja do estoque tão quanto das prateleiras, sem falar no repasse de informações sigilosas que auxiliam criminosos em roubos.

Com foco na prevenção de perdas, mostraremos neste post seis dicas que serão bem úteis na gestão do seu negócio, evitando principalmente os desvios de produtos, sejam eles perecíveis ou não, além de muitas fraudes praticadas no comércio.

Além dos furtos propriamente ditos, sempre é importante contar com lideranças que sejam boas influências nas áreas operacionais, com o objetivo de obter informações apuradas sobre os funcionários. Quer evitar prejuízos em vários setores da sua empresa? Então confira o nosso post!

1. Faça um inventário das mercadorias

Tanto os produtos que estão nas prateleiras ou nas vitrines quanto os do estoque necessitam de um criterioso inventário. O controle é extremamente importante para a prevenção de perdas.

Além de contribuir com a redução nos casos de possíveis furtos, saber corretamente os números do que entra e sai é um ponto fundamental na gestão de qualquer empresa.

Para isso, nada melhor do que um software que auxilie no fluxo de caixa e também no controle do estoque, mantendo os dados sempre disponíveis em tempo real para o gestor. Assim, caso ocorra um problema, será possível identificar qual colaborador teve o acesso duvidoso no sistema ou agiu sem seguir as normas vigentes.

Outro ponto crucial da realização do inventário é que ele contribui para evitar perdas ou compras em momentos inoportunos, evitando prejuízos que possam ser um verdadeiro empecilho na administração do seu negócio.

2. Instale um sistema de câmeras

Atualmente, as câmeras de vigilância são cruciais em qualquer empresa. Elas auxiliam no monitoramento tanto dos clientes quanto dos funcionários, mantendo a sensação de segurança.

Um sistema de videomonitoramento também é muito útil para identificar quais colaboradores produzem mais ou que estejam em atitudes suspeitas. Dificulta a ação de bandidos em casos de roubos e ainda mantém o ambiente mais adequado para garantir o bem-estar dos consumidores.

Vale enfatizar que as câmeras devem sempre ficar posicionadas em locais estratégicos, evitando os chamados pontos cegos. Priorize os ambientes de maior risco de desvios, como almoxarifado, estoque, linha de produção, entre outros.

Neste aspecto, outra dica fundamental é sempre optar por tecnologias que possibilitem um rigoroso monitoramento, como o fornecimento das imagens em tempo real e disponíveis em dispositivos móveis, como na tela do seu smartphone.

3. Instaure uma política humanizada

Como as empresas são formadas por seres humanos, nada melhor do que adotar medidas que contribuam com o bem-estar dos colaboradores.

Sabendo-se que muita gente mal intencionada age como uma forma de se vingar da instituição, ao adotar uma política humanizada, com feedbacks, certamente os seus funcionários estarão mais motivados no dia a dia.

Por isso, inspire os líderes de cada setor a sempre ouvir os colaboradores, abrindo espaço para críticas e sugestões. Tenha um programa de qualidade de vida e invista no aperfeiçoamento profissional por meio de cursos ou incentivos ao crescimento da pessoa dentro da empresa.

É importante se preocupar com possíveis dificuldades, como um caso de depressão ou alcoolismo, sem falar em doenças ocupacionais, oferecendo uma ajuda no momento de desespero do funcionário.

Ao adotar uma política humanizada, certamente os trabalhadores vestirão a camisa do time, atuando com gratidão e mais esforço nas tarefas diárias.

Agora, se a empresa agir sempre com truculência e sem se preocupar com a saúde do funcionário ou bem-estar, possivelmente muita gente ficará maquinando ideias mirabolantes para prejudicar o negócio, de furtos a negligências que possam resultar em prejuízos financeiros.

Portanto, seja um parceiro dos seus colaboradores e mantenha o hábito de elogiar quem merece tão quanto cobrar por melhorias onde esteja ocorrendo atitudes falhas.

4. Automatize os processos

Do caixa à saída de mercadorias do estoque, a prevenção de perdas necessita do auxílio da tecnologia. Nesse sentido, um sistema de gestão integrada é essencial no sucesso da sua empresa.

Com o devido controle operacional, as ações fraudulentas diminuirão consideravelmente, pois ficará bem mais difícil para um funcionário mal intencionado agir.

Afinal, os números serão verdadeiros parceiros na observação do que está correto ou não. Relatórios, fluxo de caixa, entradas e saídas, além do preenchimento de cada venda dentro do sistema farão com que o gestor tenha dados apuradíssimos sobre o negócio.

Como cada pessoa necessita de um login para entrar no sistema, caso ocorra um problema, o autor será identificado rapidamente, mesmo que a situação tenha sido causada por um desleixo ou falta de atenção.

Inclusive, a tecnologia é eficaz até mesmo para evitar erros humanos, apontando verificações e análises antes de aprovações. Dessa maneira, a prevenção de perdas estará sendo uma prioridade em sua empresa.

5. Estimule os seus colaboradores

Nada melhor para um trabalhador do que atuar em uma empresa que paga os salários em dia, deposita o FGTS, o 13º e as férias corretamente. Apesar de existir a legislação trabalhista, inúmeros empresários descumprem com o básico, influenciando no sentimento de raiva que pode gerar atitudes impensadas por alguns colaboradores revoltados.

Apesar de o furto ser um crime que causa demissão por justa causa, caso existam provas convincentes, os empresários que oferecem condições que auxiliem na melhoria de vida dos colaboradores dificilmente terão problemas com pessoas que se arriscam a sujar a carteira de trabalho.

Ao oferecer um plano de carreira, bonificações por produção ou até mesmo auxílio para a capacitação profissional, a sua instituição será bem avaliada pelos funcionários, mantendo um vínculo saudável que mantém afastados os casos de furtos.

6. Mantenha um bom convívio com a comunidade ao redor

Empresários que não se preocupam com a comunidade ao redor e que sempre estão de mau humor, tanto com os funcionários quanto vizinhos, acabam contribuindo para criarem inimigos sem ao menos saber.

Dessa forma, aumenta o risco de um colaborador passar informações sigilosas para uma quadrilha ou até mesmo alguém revoltado ficar de olho nas suas mercadorias.

Por isso, o convívio saudável é importantíssimo no varejo e isso inclui a comunidade ao redor. Caso possível, incentive um projeto social ou faça um dia de confraternização para recepcionar os familiares dos seus funcionários.

Ao seguir as nossas dicas, a prevenção de perdas certamente será uma premissa em sua empresa, fazendo com que este problema tão acentuado na atualidade não seja a sua principal preocupação.

Quer manter a sua empresa sempre segura? Então entre em contato com a nossa equipe e veja os planos que serão muito úteis na gestão do seu negócio!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.