Conhecer as obrigações fiscais de um estabelecimento comercial é uma das coisas mais importantes ao se idealizar e criar uma empresa. Não basta apenas ter ponto, produtos e clientes. Também é de extrema importância manter-se em dia com os impostos e tributos a fim de se evitar muita dor de cabeça.

Entre as principais obrigações fiscais de um comércio varejista, encontram-se o Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ), Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF), Declaração de Imposto de Renda Retido (DIRR), Escrituração Contábil Fiscal (ECF), Imposto Sobre Circulação de Mercadorias (ICMS), entre outros.

Cada estabelecimento se encaixa em um tipo de cobrança e, por conta disso, é muito importante contratar a ajuda de um escritório de contabilidade para criar uma empresa. Continue acompanhando o nosso artigo para saber mais sobre os equipamentos necessários ao seu empreendimento.

A importância de se investir em equipamentos de ponta

Existem diversos equipamentos e até mesmo alguns mobiliários que são fundamentais para um comércio varejista, principalmente porque eles são responsáveis pelas obrigações fiscais, além de agregar valor e uma imagem profissional ao estabelecimento.

Investir nesses itens fará com que a empresa esteja sempre em dia com as obrigações fiscais e contábeis, evitando problemas que possam até mesmo prejudicar a continuidade dos negócios. Portanto, esteja sempre atento para que nada falte ao estabelecimento.

Os equipamentos fiscais que devem ser adquiridos ao se criar uma empresa

O ideal é já abrir a empresa com esses equipamentos fiscais em funcionamento, porém, nunca é tarde para dar um upgrade nos negócios e implementar esses periféricos no estabelecimento.

Balcão fiscal

Esse será o mobiliário em que funcionará o atendimento ao cliente e no qual o funcionário passará a maior parte do tempo. Portanto, adquira um equipamento que seja adaptável tanto ao colaborador quanto ao espaço físico do estabelecimento, podendo ser feito sob medida.

Computadores

Existem pontos que precisam ser bem observados na escolha do equipamento: ele precisa ter um sistema operacional licenciado e uma boa capacidade de memória/armazenamento, uma vez que deverá guardar os dados das transações. E não se esqueça das manutenções periódicas.

Software para integração fiscal

Uma das partes mais importantes para o cumprimento das obrigações é escolher um bom sistema de gestão empresarial com integração fiscal, permitindo que todas as operações sejam feitas de acordo com a lei e enviadas facilmente para os setores responsáveis.

Gaveta para dinheiro

Apesar do avanço tecnológico, a boa e velha gaveta ainda é muito utilizada e os modelos mais recentes têm integração com os computadores. Além disso, esses equipamentos ainda são a forma mais eficiente para a movimentação de dinheiro em espécie.

Leitor de código de barras

Esse equipamento oferece a maneira mais prática de identificar e registrar um produto no computador. Além disso, ele agiliza todo o processo, facilitando para o atendente e garantindo a satisfação do cliente, que não perderá seu tempo esperando que cada item seja digitado manualmente.

Coletor de dados

Esse periférico portátil é especialmente utilizado pelos repositores de produtos e colaboradores que trabalham para garantir a qualidade dos itens. Com ele, é possível obter informações sobre as mercadorias de forma rápida e auxiliar nas elaborações de relatórios gerenciais do estabelecimento.

Terminal para consulta de preços

Dentro do espaço físico da empresa, esse é um dos equipamentos mais procurados pelos clientes. Portanto, investir em terminais para consulta de preços satisfaz os consumidores. Dependendo do tamanho do estabelecimento, é necessário adquirir mais deles.

Balança

A balança de checkout é muito importante para a pesagem de alimentos, principalmente aqueles pegos pelos próprios consumidores. Adaptando-a ao caixa, o atendente que passa as compras consegue calcular o peso dos produtos, evitando que o cliente enfrente muitas filas.

Impressora térmica portátil

Esse equipamento sem fio permite imprimir identificações e preços dos produtos, sem a necessidade de ida a uma impressora convencional para esse fim. Além disso, ela diminui os riscos de informações incorretas, evitando, dessa forma, problemas para o estabelecimento.

Emissor de cupom fiscal (ECF)

Esse equipamento emite os cupons fiscais dos consumidores e é obrigatório para empresas que faturam mais de R$120.000 por ano. Porém, como a legislação fiscal varia dependendo de cada estado brasileiro, o contador da empresa precisa avaliar o seu caso. No estado de SP por exemplo, este equipamento está sendo substituído por um outro chamado SAT Fiscal.

Máquina de cartão

Hoje em dia, quem não aceita cartões perde clientes. Portanto, não adianta reclamar: escolha a maquininha de cartão que supra as suas necessidades e comece a utilizá-la para alavancar as vendas. Existem diversas opções com taxas bem variadas.

PIN PAD

O PIN PAD é um teclado numérico conectado ao computador que registra automaticamente o valor da compra e permite que o cliente insira o cartão e a senha. Além disso, ele envia a finalização da transação para o sistema de caixa, imprimindo imediatamente o documento no equipamento fiscal da loja.

A melhor forma de se escolher os equipamentos essenciais

Fizemos uma lista dos principais periféricos para a sua empresa, mas saiba que não adianta escolher qualquer um ou basear a decisão apenas no valor dos equipamentos. Existe uma enorme variação de marcas e funcionalidades que mudam de acordo com as necessidades de cada empreendimento.

Se essa for uma dificuldade para você, procure ajuda especializada. Um profissional qualificado poderá indicar qual o melhor equipamento para o seu comércio e onde adquiri-lo com segurança. Isso também é fundamental para a tranquilidade do empreendedor.

Ressaltando a importância de um software de qualidade

Já falamos sobre o software de integração fiscal, mas gostaríamos de frisar, mais uma vez, a sua importância. Na hora da escolha, leve em consideração a facilidade de uso, a integração com outras áreas da empresa, a segurança dos dados e, claro, o suporte técnico disponibilizado.

Peça para ver o funcionamento dos programas e, entre as diversas opções, escolha aquela que transmita segurança e que você saiba que pode confiar. O investimento é fundamental para garantir a tranquilidade do empreendedor e a saúde financeira da empresa.

Agora que você já sabe os equipamentos fiscais essenciais para criar uma empresa, que tal começar a sua pesquisa sobre eles? Temos certeza que, com as informações apresentadas aqui, você será capaz de montar um empreendimento promissor.

Se quiser saber mais sobre esse e outros assuntos, assine a nossa newsletter e fique por dentro de todas as novidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.