O momento pelo qual estamos passando em virtude da pandemia do COVID-19, popularmente conhecido como coronavírus, está impactando significativamente as empresas e também a vida das pessoas.

Ao fazer uma análise sobre o ponto de vista empresarial, percebemos que muitas empresas estão precisando realizar adequações para que possam se manter ativas no mercado e gerando resultados.

No segmento da alimentação, por exemplo, bares, lanchonetes, pizzarias e restaurantes estão buscando alternativas para driblar as restrições impostas pela pandemia, a grande maioria destes estabelecimentos está apostando no delivery. No entanto, nós acreditamos que outras mudanças estão acontecendo.

A percepção das pessoas quanto às mudanças nos hábitos alimentares, acabou provocando o desenvolvimento de uma pesquisa de mercado.

Através dessa pesquisa que foi realizada entre os dias 25 e 27 de março pelo Opinion Box, é possível comprovar que a pandemia não modificou apenas as relações e as formas de consumo, como também alterou os hábitos alimentares dos brasileiros.

O seu estabelecimento está preparado para essas mudanças? Descubra no próximo tópico o que mudou nos hábitos alimentares do brasileiro.

Conhecendo as mudanças nos hábitos alimentares dos brasileiros

Descubra agora, quais são as principais mudanças relacionadas aos hábitos alimentares dos brasileiros, neste período.

Ansiedade e o aumento do consumo de alimentos: Vivemos em um período de confinamento, restrições de circulação, incertezas e medos, uma mistura de sentimentos que contribui para que muitas pessoas desenvolvam sintomas de ansiedade.

Em geral, quanto estamos ansiosos, passamos por diversas alterações fisiológicas, sendo que muitas dessas alterações são imperceptíveis ou acabam passando por desapercebido.

Uma das alterações que ocorrem com maior frequência é justamente a mudança de hábitos alimentares, fazendo com que as pessoas consumam mais alimentos e em intervalos menores.

Alimentação em casa: Através da pesquisa sobre mudança de hábitos alimentares foi possível identificar um crescimento no número de pessoas que passaram a cozinhar em suas próprias casas.

Esta é uma mudança de hábito que realmente chama à atenção, e traz um ponto de interrogação, será que este novo hábito persiste após o período de pandemia e quando a vida voltar ao normal?

Crescimento no volume de vendas dos supermercados: Com o fechamento de bares, lanchonetes e restaurantes por todo o país, observou-se imediatamente o crescimento das vendas nos supermercados.

Este fato, está atrelado não só a preocupação do brasileiro com um possível desabastecimento, mas também com a necessidade maior de cozinhar em sua própria residência.

As pessoas também estão passando mais tempo em casa, fato que justifica o maior volume de compras em supermercados.

Pedidos por delivery: Os serviços de entrega de refeições via delivery, já estavam em alta antes da pandemia e agora apresentam um leve crescimento.

Afinal, é natural que parte da demanda que antes era atendida de forma presencial migre para os serviços delivery de bares, lanchonetes e restaurantes.

Como as mudanças nos hábitos alimentares podem impactar a economia?

Ainda não é possível prever o cenário que será desenhado após a pandemia e a crise econômica que estamos vivendo.

É possível que alguns dos hábitos aqui citados possam passar por uma modificação definitiva, assim como também pode ser que estes hábitos voltem à normalidade após a pandemia.

No entanto, podemos tirar ao menos duas conclusões a respeito do atual período e da mudança de hábito dos brasileiros:

Delivery: No Brasil e em várias partes do mundo, o crescimento dos serviços de alimentação delivery vinham chamando à atenção. No período pós pandemia, espera-se que este mercado continue aquecido e em expansão.

Afinal, muitas pessoas podem perder o hábito de visitar restaurantes e estabelecimentos com frequência, enquanto umas podem se habituar ao delivery por comodidade, outras podem optar pela segurança de evitar as aglomerações.

Hábitos de higiene: Certamente, esta pandemia deixará uma lição importante sobre os nossos cuidados com a saúde e higiene, principalmente no que diz respeito aos alimentos.

As pessoas já estão mais habituadas a lavar as mãos com maior frequência, assim como higienizar todos os alimentos.

Portanto, acredita-se que muitos clientes serão mais exigentes com os estabelecimentos alimentícios e suas políticas de higiene.

Para facilitar o entendimento e ajudar na organização das ideias, montamos um infográfico com dados interessantes sobre a pesquisa a respeito das mudanças nos hábitos alimentares do brasileiro. Faça o download abaixo e tenha acesso a todos os detalhes!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.