Em geral, esse tipo de queima de estoque acontece após datas festivas, como o Natal, o Réveillon e Páscoa, por exemplo.

Enfim, são épocas em que muitos produtos acabam sobrando, pois foram adquiridos em grande quantidade.

Porém, muitos empresários ficam em dúvida sobre como fazer uma grande queima de estoque. Por isso, elaboramos um guia completo, com as melhores dicas, para te ajudar a vender mais, e não ficar no prejuízo. Então, continue lendo e confira tudo com muita atenção!

Por que Fazer queima de estoque?

A queima de estoque tem como objetivo vender o máximo de produtos possível, em um preço mais baixo que o comum para que, assim, ocorra um giro das mercadorias.

Afinal, quanto mais tempo elas ficarem paradas no estoque, mais tempo o dinheiro também ficará parado.

Em primeiro lugar, você precisa fazer um bom planejamento, e se prepare bem, para que não perca receita e tome prejuízo. Portanto, não basta apenas baixar o preço dos produtos.

Sendo assim, se você está pensando em organizar uma grande queima de estoque na sua empresa para vender mais, então, esse artigo foi feito para você!

Existem várias vantagens em organizar uma queima de estoque. Abaixo, listamos algumas das principais delas:

Girar as mercadorias

Como já dito anteriormente, com esse giro de produtos, você consegue vender mais aqueles que estão parados há mais tempo no depósito, cobrindo o valor que foi investido, e dando lucro.

Evita que os produtos percam a validade

Alguns produtos têm data de validade, como alimentos, por exemplo. Por isso, podem estragar facilmente, e perderem a validade mais rapidamente também.

Portanto, uma boa queima de estoque pode evitar que isso aconteça, e você tenha prejuízo.

É sempre importante ter produtos novos na prateleira

Os clientes gostam de novidades. Portanto, ao vender o que já está no estoque, você pode investir em novas tendências e necessidades dos consumidores. Ou seja, em novidades.

Liquidação atrai novos clientes e te ajuda a vender mais

A liquidação atrai novos clientes, que aproveitam para conhecer a sua loja. Afinal de contas, quem não gosta de uma boa promoção, não é mesmo?

É o melhor momento para comprar mais, com menos dinheiro. Além disso, é uma forma de atrair novos e antigos clientes, e evitar que procurem o concorrente.

Queima de estoque é menos custo para o negócio

Produtos parados no estoque significam custos para o seu negócio, como manutenção, por exemplo. Portanto, com a queima de estoque, você terá menos custos, menos dinheiro parado, e mais lucro.

8 Dicas para fazer queima de estoque e vender mais

Enfim, depois de conhecer os motivos para planejar uma queima de estoque, é o momento de conferir as 8 dicas que selecionamos para você vender mais, e garantir o seu lucro.

1 – Definir a melhor época para a queima de estoque é necessário para vender mais

Escolher uma boa data no ano para realizar uma grande queima de estoque é fundamental, para garantir que você irá vender mais.

Aliás, ela não precisa obedecer às estações do ano. Então, leve em consideração os seguintes fatores:

  • Eventos e competições esportivas, como jogos de times;
  • Eventos culturais;
  • Congressos;
  • Festas;
  • Shows;
  • Feira de Expositores;
  • Circuitos de Compra,
  • Demais eventos que aumentam o tráfego de pessoas.

Portanto, vale a pena sempre ficar atento e por dentro de tudo que está para acontecer no seu bairro, região ou cidade.

Dessa forma, você saberá quando é um bom momento para realizar uma grande queima de estoque.

2 – Planejamento

Realizar um bom planejamento para sua empresa é extremamente importante, como já dito anteriormente. Para isso, você precisa ter em mente as seguintes ferramentas:

  • A Importância dos 4 Ps do Marketing

Os 4 Ps no marketing significam: produto, preço, praça e promoção.

Sendo assim, ao organizar uma grande queima de estoque, leve em consideração em quais pontos, físicos e virtuais, que a promoção será realizada.

O preço também precisa ser mais baixo que o costume. Ou seja: bem atrativo. Porém, essa é uma questão muito importante, pois o preço praticado deve ser o suficiente para evitar o prejuízo.

Além disso, pense também na forma com que a liquidação será feita. Não escolha um método muito apelativo. Pois, dessa maneira, você pode passar para o cliente a impressão de que você está desesperado pela venda.

Com isso, os clientes ficam confusos e desconfiados a respeito da qualidade do produto que você está vendendo.

  • Fraquezas e Oportunidades (Análise SWOT)

Você precisa avaliar ainda as Fraquezas e Oportunidades do seu negócio como, por exemplo:

  • Seu concorrente também está fazendo liquidação?
  • Sua empresa é de difícil acesso?
  • Seu cliente será afetado pela redução do preço?
  • Dá para oferecer parcelamento na compra?
  • Há uma lista de consumidores que pediram para ser avisados caso houvesse promoção?

Ao encontrar todas essas respostas, você conseguirá planejar uma queima de estoque ainda melhor, irá vender mais, e até garantir uma boa margem de lucro.

3 – Defina um público-alvo

Definir um público-alvo é parte fundamental no início de qualquer negócio. Contudo, ao organizar uma liquidação, não é diferente.

Sendo assim, se seu objetivo é atrair novos clientes, então, utilize de promoções para atraí-los. E não se esqueça de checar o cadastro para se comunicar com os consumidores mais antigos.

Uma boa ideia é usar um apelo visual para chamar a atenção de todos que passarem na porta da sua empresa.

4 – Quais produtos ofertar na queima de estoque para vender mais?

Definir quais produtos entrarão na liquidação é um dos passos mais importantes.

Nesse caso, opte por aqueles que estão em estoque há mais tempo e se encontram parados. Ou seja, aqueles que ainda não deram retorno do investimento.

Além disso, os produtos que estão em excesso no estoque, também são uma boa pedida para entrarem na liquidação também. Aliás, evite fazer promoções em produtos recém-lançados.

5 – Não se descuide das datas comemorativas para vender mais

Como já dito anteriormente, as datas comemorativas, geralmente, oferecem retorno maior para os lojistas, como Natal, Dias das Mães e Pais, Páscoa, e etc.

Portanto, sempre fique atento a elas para realizar uma grande liquidação.

6 – Elabore as estratégias mais eficazes para vender mais

Algumas ideias de boas estratégias são:

  • Promoção Pague X, Leve Y;
  • Oferecer brindes na compra;
  • 50% de desconto na Segunda Unidade;
  • Combos Promocionais;
  • Cartões de Fidelidade,
  • E muito mais…

Para escolher a melhor para seu negócio, veja primeiro a relação de custo e benefício de cada uma, para que assim você possa saber se vale a pena implementá-las na sua empresa.

7 – Procure as melhores estratégias de divulgação (anúncios de qualidade e atrativos)

A divulgação precisa ser clara e objetiva. Além disso, seja sempre honesto, e anuncie somente o que tem no estoque para vender.

Use e abuse de redes sociais, cartazes, faixas, panfletos, anúncios por e-mail e pinturas na vitrine.

8 – Use a tecnologia a seu favor

Ao realizar uma grande queima de estoque, o esperado é vender mais, e também ter um aumento de clientes.

Para isso, você precisa fazer com que seus funcionários estejam preparados, e sejam rápidos para realizar as vendas, conduzir e ajudar os consumidores, emitir notas fiscais, consultar preços, mostrar as formas de pagamento, e etc.

Conte também com o apoio do Sistema de Gestão da RCKY para automatizar e gerenciar os processos da sua loja.

Enfim, com essas dicas, você será capaz de organizar realmente uma grande queima de estoque, vender mais, atrair novos clientes e, consequentemente, alavancar o seu negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.