Você já ouviu falar em take away? Provavelmente sim. Vamos conhecer mais sobre o assunto e entender a sua aplicação para bares e restaurantes?

A pandemia provocada pelo novo coronavírus impôs uma série de mudanças nas rotinas e hábitos da população e geral.

Com o objetivo de evitar aglomerações e a propagação do vírus, diversas medidas foram tomadas pela autoridades competentes não só aqui no Brasil, mas em todo o mundo. Dentre essas medidas, podemos citar o fechamento temporário de estabelecimentos comerciais e restaurantes.

Com os bares, restaurantes e lanchonetes fechados para a visitação do público, empreendedores e empresários precisaram se reinventar e buscar alternativas. Uma dessas alternativas já era amplamente conhecida o delivery, que é a venda com entrega em domicílio.

No entanto, uma nova alternativa surgiu em muitos lugares, o take away.

Mas, afinal o que é take away? Para descobrir, continue acompanhando este artigo!

O que é take away?

Take away é um termo em inglês muito utilizado para estabelecimentos como bares e restaurantes, onde diferentemente do que estamos habituados, os clientes realizam o seu pedido e o levam para outro lugar.

A grosso modo, o termo take away, significa compre e retire ou compre e leve embora.

Logo, a pessoa que faz um pedido em um restaurante take away sabe que não poderá apreciar o seu pedido ali mesmo, mas sim levá-lo para um outro lugar como para casa ou para o trabalho.

Aqui no Brasil a ideia ganhou força principalmente em virtude das restrições quanto a aglomeração de pessoas.

Atualmente vários estabelecimentos já aderiram a este tipo de serviço, uma prática que tem tudo para permanecer mesmo após a pandemia.

Como funcionam os restaurantes Take Away?

Como falamos anteriormente, a ideia dos restaurantes e estabelecimentos do tipo take away é um pouco diferente dos estabelecimentos tradicionais, afinal o objetivo aqui é que o cliente compre e leve, sem consumir no próprio estabelecimento.

Este novo formato basicamente através de 3 passos simples, veja:

Passo 1: O cliente acessa um cardápio virtual e realiza o seu pedido preferencialmente via app ou telefone.

Lembrando que o formato take away não necessita necessariamente de um aplicativo, os pedidos podem ser feitos presencialmente também.

Passo 2: Após, realizar o seu pedido, o cliente pode efetuar o pagamento online por um site ou app, ou então no local, ao retirar o pedido.

Passo 3: Após o tempo de preparo e espera previamente definido e informado, o cliente se dirige até o local combinado, retira o seu pedido e o leva para consumo em outro local.

Esse método de atendimento é muito parecido com os drive-thru dos serviços de fast food, em que os clientes fazem o seu pedido e levam o produto sem consumir no local.

O take away é parecido também com o delivery, só que neste caso um entregador não leva o pedido até o cliente, é o próprio cliente quem vem buscar!

Percebeu o quanto é interessante este novo formato? O mais interessante ainda é que muitas empresas e empreendedores estão observando nele, não só uma oportunidade para driblar a crise, mas uma oportunidade de negócio com baixo custo.

Sim. Os custos de estabelecimentos do tipo take away são muito mais baixos que os custos de um restaurante, bar ou lanchonete tradicional.

A grande vantagem deste tipo de estabelecimento está no fato deles não necessitarem de salões com mesas e cadeiras, ar-condicionado ou garçons.

Logo, basta ao empreendedor investir apenas em uma cozinha bem equipada e um bom serviço para atendimento e recebimento de pedidos.

Como montar um restaurante ou lanchonete take away?

Gostou desse formato de negócio? Pensando em investir no take away como um novo negócio, ou então como alternativa para driblar a crise? Então não deixe de ver as dicas que separamos para você!

Equipamentos e utensílios de cozinha: Para montar um take away, você já sabe que não precisará de uma área para atendimento de clientes com mesas, cadeiras e ar-condicionado.

Sendo assim, você precisa apenas de uma cozinha estruturada com fogão, chapa, freezer, panelas e utensílios de cozinha.

Se você já tem um restaurante, ótimo! Certamente, o seu investimento será muito menor do que o investimento feito por quem ainda está pretendendo começar, afinal basta realizar algumas adaptações.

Monte uma equipe de cozinha: Para dar conta de todos os pedidos você também precisará montar uma equipe que ficará responsável pelo preparo dos pedidos como cozinheiros, auxiliares de cozinha e chapeiros.

Além da equipe da cozinha é necessário ter uma pessoa para atender os clientes que chegam para retirar seus pedidos.

Tenha um aplicativo para o recebimento de pedidos: Com a estrutura da cozinha e a equipe montada é hora de começar a receber os pedidos, você pode também investir em um aplicativo ou site específico para este fim.

Existem diversas opções no mercado em termos de aplicativos e sites para o recebimento de pedidos, mas você também pode desenvolver o seu próprio site ou app.

Além dos pedidos via site ou aplicativo, ofereça também outras opções como telefone e WhatsApp.

Trabalhe com um sistema de automação: Para que seja possível controlar todos os pedidos, evitar atrasos e até mesmo que algum pedido fique para trás, é importante investir em um sistema de automação comercial.

Além de oferecer o controle necessário e organização aos pedidos, um sistema de automação comercial auxilia no controle de caixa e na gestão completa dos negócios.

Se você, procura um sistema completo, fácil e eficiente para a gestão do seu restaurante, conheça a RCKY e solicite uma demonstração sem compromisso! Entre em contato conosco, pelo telefone (11) 3195-3640 ou então por WhatsApp, clicando aqui.

Divulgue o seu estabelecimento, produtos e serviços: Por fim, para que o seu take away seja um verdadeiro sucesso e receba muitos pedidos, invista na divulgação  dos seus produtos e serviços através dos principais meios de comunicação da sua cidade e também através das redes socias, como Facebook e Instagram.

E você, o que pensa sobre o take away, também aposta que ele veio para ficar?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.