Fazer a gestão de um negócio no varejo, mesmo que pequeno ou médio, não é uma tarefa simples. São diversas atividades que devem ser realizadas para garantir o sucesso da empresa — como controle de gastos, estoques, funcionários e satisfação dos clientes. Para ajudar nessa missão, muitos varejistas estão adotando um sistema de gestão empresarial.

Essa solução promete otimizar a rotina dentro de um negócio, facilitando sua administração e garantindo melhores resultados que diferenciam o estabelecimento no mercado. Entre as possibilidades, está a automatização do atendimento no ponto de venda, por meio de um sistema para frente de caixa que permite o fechamento de compra de forma rápida e eficiente.

Como o uso desse tipo de solução por muito tempo foi dominado por empresas de grande porte, muitos varejistas menores ainda possuem dúvida se eles podem realmente aproveitar esses benefícios sem comprometer os limites de seus orçamentos.

Pensando nisso, solucionamos neste artigo as principais dúvidas em relação a um sistema de gestão empresarial voltado para donos de estabelecimentos no varejo, como mercados, padarias e restaurantes! Confira:

O que é um sistema de gestão empresarial?

Um sistema de gestão empresarial é um programa para computadores criado para ajudar na realização das atividades e tarefas de uma empresa. Existem diferentes tipos de sistemas, desde opções mais simples focadas em apenas uma área de trabalho, como estoque do negócio, até soluções mais completas, que ajudam em toda a operação.

Esses sistemas são usados como forma de melhorar a administração de uma empresa por meio da tecnologia. Dessa forma, as soluções oferecem a automatização de atividades manuais, tais como:

  • controle de gastos;
  • total de vendas;
  • número e valor de vendas por produto;
  • controle de estoque;
  • acompanhamento de resultados do time;
  • execução da venda no caixa.

Além disso, elas fornecem relatórios personalizados com informações que ajudam na tomada de decisão, como indicadores de desempenho, tornando o negócio mais estratégico. Como resultado, a empresa se torna mais eficiente e lucrativa.

Quais as vantagens para o varejista?

Otimização da gestão

O primeiro benefício é a otimização geral de todos os processos envolvidos na gestão do negócio. Desde o controle de seus gastos, como o acompanhamento de suas vendas e atendimento ao cliente, tudo feito de forma automática no ponto de venda.

Por exemplo, um restaurante que adota um sistema de gestão empresarial passa a usar comandas automatizadas, que enviam o pedido direto para o cozinha, sem erros e o mais rápido possível. Todo o atendimento é mais ágil e eficiente, até mesmo no momento do pagamento, que é feito por meio da leitura da comanda.

Além de realizar tarefas manuais de forma automática, o sistema coleta dados e fornece relatórios que ajudam a identificar problemas e melhorar as decisões de negócio.

Maior controle do negócio

A automação também traz consigo o controle do negócio, por meio da padronização das atividades e garantia de que todos os processos serão feitos em conformidade com a definição da gestão.

Além disso, algumas opções oferecem a possibilidade de acessar os sistemas e seus indicadores de forma remota, ou seja, de qualquer lugar por meio da internet. Esse benefício permite mais agilidade nas decisões.

Melhor preparo dos funcionários

Os dados coletados permitem identificar se os funcionários estão produtivos ou se precisam de novos treinamentos e incentivos para atuarem com maior qualidade em suas tarefas.

Em muitos casos, varejistas possuem vendedores desmotivados e com baixa produtividade, o que os leva a contratar mais integrantes para o time, aumentando os custos do negócio. Entretanto, uma solução melhor seria oferecer incentivos, como metas e premiações, que fazem com que o time produza mais.

Melhor atendimento aos clientes

Com funcionários mais bem preparados e mais informações sobre os consumidores e suas preferências, é possível tomar decisões que melhoram o atendimento e sua satisfação, como a contratação de novos colaboradores e mudanças no mix de produtos.

Ademais, com todo o processo de atendimento mais ágil e eficiente, outros problemas que prejudicam a experiência dos consumidores são reduzidos ou, até mesmo, eliminados — como filas de espera para serem atendidos, falta de produtos ou vendedores e atendentes desinformados.

Aumento da segurança nas operações

Sistemas automatizados garantem maior segurança e qualidade de dados. Não há mais problemas de cálculos errados feitos pelos funcionários ou, até mesmo, na gestão, como cobrança indevida aos clientes.

As informações de gestão como custos e receita também são melhor controlados, uma vez que o sistema faz o cálculo de forma automática, sendo atualizada a cada movimentação realizada.

Redução de gastos

Um dos maiores ganhos da adoção de um sistema de gestão empresarial é a redução de custos do negócio. Tanto gastos com funcionários, como os que são relacionados à perda de clientes por problemas no ponto de venda.

Também com a automação é melhorada a capacidade de produção dos processos, uma vez que tarefas que levam um longo tempo para serem feitas por pessoas são feitas em apenas alguns segundos por um sistema de gestão empresarial. Dessa forma, o time possui mais tempo para focar em ações estratégicas e a necessidade de aumentar a equipe é menor.

Vantagem competitiva

Por fim, a automatização melhora o atendimento, traz redução de gastos e melhor tomada de decisão, o que resulta na criação de vantagem competitiva para o negócio, diferenciando seu estabelecimento dos demais concorrentes do mercado. Essa posição de empresa sólida e lucrativa facilita a expansão e crescimento do negócio.

Como escolher um sistema para o meu negócio?

Existem diferentes soluções disponíveis no mercado, especializadas em diferentes tipos de negócio. O ideal é procurar por opções focadas no seu estabelecimento, seja ele um supermercado, padaria, restaurante ou loja de roupas.

Além disso, é sempre importante fazer um bom planejamento antes de escolher seu fornecedor. Como essa decisão afetará toda a gestão, é indicado avaliar as opções em termos de qualidade de sistema, número de clientes atendidos, funcionalidades e, principalmente, custo-benefício.

Agora que você sabe como um sistema de gestão empresarial pode ajudar o seu negócio, acredita que é o momento de investir? Então, entre em contato conosco, e tire suas dúvidas com uma equipe especializada em soluções para pequenas e médias empresas do varejo e alimentação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.